Variedade de palestras são destaque do Congresso Internacional Brincar 2018

03/05/2018



Autoridades nacionais e internacionais em educação infantil e anos iniciais irão se encontrar no Espírito Santo para discutir temas como inclusão, formação de profissionais, a importância da literatura na educação e a BNCC, que passa a ser obrigatória já em 2019. O Congresso Internacional Brincar será entre os dias 25 e 27 de maio, em Guarapari, no Espírito Santo.

Mais de 10 palestrantes e convidados especiais confirmaram presença nos três dias de evento. O Congresso Brincar vai reunir pesquisadores, professores, mestres, doutores e pós-doutores, os maiores especialistas em educação em um só local.  A programação já está fechada.

Quem abre o Brincar 2018 é o professor José Torres Gonzales, espanhol referência mundial em inclusão e acessibilidade. Gonzales é Pós-Doutor em Ciências da Educação e vem ao Brasil falar para os professores sobre currículo e diversidade na perspectiva da educação inclusiva.  Quem encerra o primeiro dia de palestras é o pianista Plínio Oliveira, do Paraná. Plínio trabalhou em estúdios de gravação produzindo discos para artistas e hoje ensina como a música pode ajudar nos processos de aprendizagem. 

O sábado (26/05) será um dia exclusivo para falar sobre a BNCC, que passa a ser obrigatória no próximo ano e promete mudar a política de educação do Brasil. Mudanças que aos poucos já estão sendo aplicadas, mas ainda geram dúvidas para professores e estudantes. Por isso, três referências no assunto foram convidadas para o Brincar 2018, a mineira Mônica Correia BaptistaMaria Carmem Barbosa, do Rio Grande do Sul, e a carioca Patrícia Corsino. As professoras colaboraram diretamente para a construção da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e para o documento idealizador do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC).  Ainda no sábado, Mônica, Maria Carmem e Patrícia irão participar de uma mesa redonda com o espanhol José Torres Gonzales.

 

A paulista Camila Schiavo e o professor Max Haetinger, do Rio Grande do Sul, fecham o ciclo de palestras. No último dia de congresso, Camila propõe um bate papo sobre as brincadeiras e a educação, já Max vai falar da pedagogia expressiva criativa. Para ele, é muito importante um congresso de educação infantil e anos iniciais ter assuntos tão variados.

"Hoje a escola não lida apenas com conteúdo, mas com comportamento e valores. O professor não se preocupa só com o livro, mas com a iniciativa, autonomia e empregabilidade do seu aluno. E o aluno, por sua vez, tem um novo perfil Vamos juntos aprender, ensinar e percorrer novos caminhos no universo da educação", explicou Max Haetinger.


O maior Congresso de Educação Infantil e Anos Iniciais do Espírito Santo acontece entre os dias 25 e 27 de maio, em Guarapari. As inscrições já estão abertas.  Saiba aqui mais sobre a programação, como se inscrever e onde se hospedar.

BRINCAR 2018: variedades de palestras.

Quando: 25, 26 e 27 de maio.
Onde: Guarapari, Espírito Santo.

Videos em destaque